• yellow | c Consultoria Empresarial

Fluxo de Caixa - Crie um do Zero

Atualizado: Jun 22


Ainda existe um tabu quando se fala de fluxo de caixa em qualquer negócio.


Vejo muitas pessoas explicando em vídeos de YouTube, sites etc .... algumas explicam o básico, outras, tentam o mais avançado. O importante é ensinar.


Mas afinal, o que é fluxo de caixa?



O que é fluxo de caixa?


O QUE É FLUXO DE CAIXA?


O fluxo de caixa é uma ferramenta utilizada para a gestão do seu financeiro. Ele irá organizar o fluxo de dinheiro que entra e sai de sua empresa.


Também responsável por projeções e muito utilizado para análise por Controladoria e Contabilidade, porém, não é o intuito de nosso conteúdo neste post.


Em resumo, é o resultado de entradas - saídas.


Quando digo que, muitas pessoas explicam o básico (e o nosso título se refere à ele), pode parecer confuso. Mas existem 5 tipos de fluxo de caixa, e aqui, iremos tratar o mais simples deles.


Quando outras pessoas ensinam o básico, não quer dizer que é certo ou errado; errado é não ter nenhum.


Como dizem por aí - "melhor um pássaro na mão, do que dois voando".


Então, melhor ter um simples do que não ter nenhum, certo.


Para quem está começando, quanto mais simples, melhor.


E como se cria um fluxo de caixa?





COMO FAZER UM FLUXO DE CAIXA?


Para montar seu primeiro fluxo de caixa, abra uma planilha, e coloque, nas linhas os meses, nas colunas as contas e seus valores.


Ah não ....


Calma, tem este vídeo aqui que ensinamos. Clique no link e seja feliz.


Acesse o vídeo aqui!


Você deve montar o seu fluxo, com as contas baseadas nas necessidades de sua empresa. Não coloque informações desnecessárias, somente o básico.


Depois, quando se familiarizar, manda um email pra gente que vamos te ajudar a montar um mais complexo, com análises prontas de margem de contribuição, lucro etc.



Faça cálculos ....

MAS É SÓ ISSO?


Sim.


Lá no início do texto, escrevi que vejo muitas pessoas falando sobre, escrevendo textos enormes etc.


Mas a verdade, é que ele é simples mesmo, muito mais uma questão de prática.


O que não pode é ficar sem. Segundo o Sebrae, 1 em 4 empresas são encerradas em até 2 anos de operação, e muito disto, por falta de controle de caixa.


Existem as variações, projeções etc, mas como não é o foco, não vamos falar sobre. Reforço que, melhor um simples, do que nada.



QUAL A IMPORTÂNCIA DO FLUXO DE CAIXA?


A importância desta ferramenta é grande. Por mais que seja "simples", tem que ser levada muito a sério.


Informando os valores que você irá receber e pagar, é possível analisar se haverá e quando haverá falta de verba, como você pode se antecipar e corrigir problemas de caixa, onde você está gastando muito enfim ..... será possível perceber onde estão os possíveis erros de gestão de caixa.


Com o fluxo preenchido em mãos, você começará a analisar como o dinheiro está entrando e por onde ele está saindo, dando a possibilidade de criar controles, ajustar contas etc.


São 5 os modelos de FC:


Fluxo de caixa direto


É o mais utilizado e necessita de atenção dos colaboradores em razão da riqueza de informações que é inserida diariamente. Nele é possível ignorar descontos e separar cada gasto por setor, permitindo assim organizar todo fluxo de caixa de forma simples e completa.


Fluxo de caixa indireto


Diferente da opção anterior, esse tipo de fluxo de caixa é muito usado por contadores e empresas com mais conhecimento efetivo sobre o financeiro, já que ele utiliza o balanço patrimonial, as depreciações e as amortizações para enfim chegar ao DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício) e diagnosticar lucro ou prejuízo.


Fluxo de caixa projetado


O fluxo de caixa projetado não insere o que ficou no passado, ou seja, valores que já foram pagos ou retirados não estarão presentes na ferramenta. Assim, ele tem como função prever despesas futuras e com isso organizar e cumprir prazos de pagamentos. Ele tem a função de projetar o que irá acontecer.


Fluxo de caixa operacional


O fluxo de caixa operacional serve para contabilizar e gerenciar os custos relacionados ao funcionamento da corporação, como os pagamentos de funcionários. Esse processo ignora investimentos feitos para melhorias e também não calcula juros, por isso é muito utilizado em empresas iniciantes — já que são os negócios que mais necessitam de um retorno financeiro para começarem a crescer.


Fluxo de caixa livre


Tem como objetivo fazer a análise do lucro disponível para ser gasto em curto, médio e longo prazo. Ou seja, nele é preciso ter várias vertentes, como por exemplo um fluxo de caixa para 30 dias, um de 6 meses e um com previsão de 2 a 5 anos. E esse respiro permite que a empresa saiba o que pode ser feito e/ou prevenido durante esses períodos, evitando instabilidades, quedas no crescimento e crises. 






Sem sofrência ... agora que você já sabe como fazer, para que serve ... mande um email pra gente aqui oh - contato@yellowc.com.br


Nós vamos te mandar o modelo do vídeo ... e se tiver dúvidas, mande pra gente, ok.



8 visualizações

11 - 9.5316-2793

  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon

Rua Coronel Carlos Oliva, 344 

Cj 145

Tatuapé

São Paulo - SP

@2020 | yellow | c Consultoria